Como será o trabalho no futuro?

Já parou para pensar o que fará daqui a 5 ou 10 anos? Será que as profissões, como hoje as conhecemos, continuarão a existir daqui a 5 ou 10 anos?

Hoje vivemos uma revolução, que segundo especialistas, é maior que a revolução industrial. As novas tecnologias tomam conta de nossas vidas e estão mudando a forma como empresas e empregados entendem o trabalho.

Quem nunca ouviu falar da Inteligência Artificial (inteligência similar à humana exibida por mecanismos e softwares)?  Já é realidade hoje, o Watson, uma plataforma de serviços cognitivos da IBM para negócios já atua em várias áreas, melhorando processos, interações e ações. No Brasil, por exemplo, áreas como Saúde, Educação, Bancos, Agricultura e Cultura, dentre outras, já o utilizam e você com certeza, mesmo sem saber, já interagiu com o Watson…

Novas profissões surgirão, para dar conta das novas tarefas, fruto da evolução científica e tecnológica. 70% das crianças de hoje, trabalharão em profissões que ainda não existem concretamente.

Não haverá mais as figuras do patrão e empregado como conhecemos hoje, não faremos “carreira” numa empresa, nossas carreiras serão geridas por nós mesmos… Isso mesmo, você será o gestor de sua carreira profissional, de seu tempo, sua empregabilidade dependerá de suas habilidades, de suas especialidades e para isso, mais do que nunca, o importante será o conhecimento, estudar será um ato continuo, necessário para sua sobrevivência.

Teremos que nos adaptar às novas estruturas das empresas, que serão mais lineares, isso implicará em maior independência para todos, mais flexibilidade de horários, poderemos trabalhar em qualquer lugar…em casa, no café, no parque. O co-working (modelo de trabalho que se baseia no compartilhamento de espaço e recursos de escritório por diferentes usuários) estará em alta, reduzindo os custos fixos das empresas. Mas isso também implicará em maior comprometimento de sua parte. Os gestores não mais o levarão pela mão, determinando tarefas, cobrando resultados. Pensar, analisar, descobrir problemas e resolve-los dependerá somente de você, e disso dependerá sua empregabilidade.

Na própria AR podemos perceber essas mudanças em várias áreas, nos projetos, por exemplo, hoje mais sofisticados e precisos, resultado do uso de várias ferramentas para cálculos e desenhos em 3D, nos equipamentos de ar condicionados, cada vez mais sofisticados, são unidades automatizadas, fazem a própria análise das falhas e defeitos…mas o olhar humano ainda é necessário, não adianta automatizar tudo se você não conhece a teoria, o conceito. Não gastamos mais tempo calculando, abrindo equipamentos para verificar defeitos…mas sim analisando resultados e implementando soluções.

Quando penso nesse futuro sou otimista, o que vejo é a libertação das nossas potencialidades que hoje estão presas em inúmeras rotinas manuais.

A informação e conhecimento estarão disponíveis e acessíveis para todos, hoje isso também já e uma realidade. Quando se imaginou, ser possível, para uma pessoa sem recursos financeiros, fazer um curso em Harvard, uma das melhores e mais caras Universidades Americanas? Sim isso é possível… Existem cursos gratuitos e on-line.

Adquirir conhecimento, compartilhar recursos, disseminar experiências é a chave para o futuro em todas as áreas de negócios.

Será necessário ousar, se mostrar, nossas carreiras serão de empreendedores, venderemos às empresas interessadas, as nossas especialidades.

E você? Como pretende se preparar para esse futuro? Já pensou nisso?

 

Cileine Oliveira – Diretora Financeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this